Karen Larréa Kohler – Miss 2001

Karen Larréa Kohler, uma das mais esperadas beldades que nossa cidade já teve a oportunidade de conhecer.

Karen, como tantas outras misses, foi descoberta pelo inesquecível ALFREDO CAMPOS, que viu na menina loira, alta e magrinha, potencial para ser uma das maiores vencedoras de certames de beleza de que se tem notícia.

Seu primeiro concurso importante foi o disputadíssimo MUSA DO SOL, em Candelária, onde a loira de cintura fina chegou, totalmente inexperiente e arrebatou o título e o prêmio, uma moto.

Ainda em 97 a bela conquistou os títulos de RAINHA DOS BALNEÁRIOS REGIONAL, GAROTA DOURADA DE SANTA MARIA e do RS, e, PRINCESA DA FEISMA.

Mas o ano da loira era mesmo 1998, nesse ano ela venceu os títulos de GAROTA TRICOLOR RS, GAROTA VERÃO ETAPA SM, GAROTA VERÃO DO RS, desfilando num carro de bombeiros e, sendo recebida e ovacionada pela população da nossa cidade, e, finalmente, o MISS SANTA MARIA, num ano menos disputado, já que poucas se atreveram a concorrer com a GAROTA VERÃO e, para fechar o ano com chave de ouro, foi eleita RAINHA DA FEISMA.

Os anos de 1999 e 2000 trouxeram para loira vários títulos e premiações, ela foi MISS ATLÂNTICO BRASIL, segunda finalista no MISS ATLÂNTICO INTERNACIONAL, MISS GLOBO RS, VICE-MISS GLOBO BRASIL, entre vários outros títulos.

Em 2001 o Clube de Atiradores Santamariense, não tinha candidata ao MISS SANTA MARIA, então a apaixonada por concursos Vania Barchet, convoca sua beldade mais poderosa e, eis que, Karen volta a passarela e conquista pela segunda vez o cobiçado título, TORNANDO-SE A ÚNICA MULHER A SER ELEITA MISS SANTA MARIA, DUAS VEZES, 1998 E 2001.

Karen foi três vezes ao MISS RIO GRANDE DO SUL, em uma delas chegando a VICE-MISS RS.

Outro fator que chama atenção na carreira dessa miss é a quantidade de prêmios que ela levou para casa: nas minhas contas, 3 motos e 2 carros.

Por sua beleza loira indiscutível, seu corpo perfeito, seu porte imponente em 1,77m de altura, seu carisma, simplicidade e sobretudo pelo sorriso inconfundível Karen Kohler deve ser aplaudida de pé.

Giovani Becker